sexta-feira, abril 27, 2007

outra vez

Bati os olhos e estremeceu meu coraçõa,
fugiu da vista e perdi até a razão.

Estava desnorteada, mil pensamentos,
foi imediato, foi carnal,
só pensamento, mas tinha vida, puro desejo.

Sentimentos, borboletas no estômago,
coração na boca, mãos geladas.

Paixão, a 1ª vista, mas pura paixão,
sincera, singela e avassaladora,
e, enfim, posso sentir o cheiro da felicidade
exalando pelos meus poros, outra vez..

Lua

Lua, Tu que tantas vezes me vistes chorar, Seca agora esse meu pranto, E ilumina meu caminhar. Lua, Tu que sempre ouvistes meus lamen...