domingo, abril 26, 2015

O palhaço

Você tem um misto,
felicidade no sorriso
e tristeza no olhar.

Tua mímica explica,
milimetricamente,
o que tu tentas esconder
quando não o és.

Tua paixão é linda,
voa livre pelo ar,
parece um passarinho
esperando o novo dia raiar.

Mas esse jeito mudo,
sem jeito, meio surdo,
sem ouvir direito,
mal percebes o sentimento
que plantastes.

Num espaço pequeno,
bem lá do lado de dentro,
jogastes umas sementes
mas dessas flores,
não queres cultivar.

De que adianta, palhacinho:
A alma cheia de arte,
coração vazio de amor.

Nenhum comentário: