domingo, julho 27, 2008

mudanças

No meu 20° aniversário,
fiz questão de escolher meu novo endereço,
meu novo companheiro,
meu novo lugar.
Mudei totalmente meus planos,
alguns enganos,
e hoje, me faço cantar.
Canto pro sol, que não apareceu nesse dia frio,
canto pra mar que não me alcança mais,
canto pro trânsito na marginal,
que todos os novos dias vou encarar.
Minha vida tá uma bagunça,
onde vou estudar?
As malas ainda estão feitas,
mas hoje, eu só quero saber de comemorar
os meus 20 anos que acabaram de chegar!

sexta-feira, julho 04, 2008

quinta-feira, julho 03, 2008

John Lennon - uma idolatria demasiada ou outra teoria conspiratória?

Como conseguimos entender e explicar a morte de John Lennon? Não é tão simples falar do meu maior ídolo. Desde a infância eu procuro entender o fato de John Winston Lennon, ter falecido 8 anos antes de minha existência. Sequer esperou que eu o conhecesse para partir, e mesmo assim, ele faz com que eu sinta uma nostalgia imensa por uma época que não vivi.
John era uma pessoa incapaz de fazer mal a qualquer ser humano. Era a pessoas mais passiva. E mais exemplar que o Bono, quanto a Paz Mundial. No entanto, foi assassinado brutalmente por Mark David Chapman, no dia 08 de dezembro de 1980, em frente ao edifício Dakota, onde morava em NY.
Champman alegava que seu livro, "O Apanhador no Campo de Centeio", foi uma grande inspiração para o ocorrido, pois ele se identificava com o menino revoltado que odiava falsidade. Apesar de fã, achava John falso pelos temas retratados em suas composições, sobre pobreza, fome, miséria, como se o mesmo sofresse disso. Acredito que a explicação seja de idolatria demasiada, pois acreditem, é um problema que foi caracterizado pela psiquiatria como distúrbio de esquizofrenia.
Existem algumas teorias que dizem que a CIA tinha envolvimento com o assassinato de John. Teriam feito uma lavagem cerebral no assassino, pois classificavam John como um subversivo. Era ele que ajudava a sociedade a ficar mais crítica nas questões políticas. A própria CIA tem papéis que comprovam o rótulo à John.
Outra teoria diz que Paul morreu e John armou tudo, agora ele está vivo, ocupando o lugar de Paul por aí. Para mim, nenhuma das duas teorias têm bons fundamentos. Mas, o que será que realmente acontecera a John naquela noite? Dizem que ele cuspiu até um pedaço de roupa no meio de tanto sangue. MALDITOS TIROS!
Entre tantas dúvidas, só consigo acreditar que há uma única conspiração: viver.
ENTRE O BEM E O MAL,
EXISTE UM SENTIMENTO DE LIBERDADE.

Será esse o caminho?

Hoje alguém leu de verdade a minha mão. De forma superficial, mas entendida. Falou sobre três assuntos: Vida, amor e finanças. Falou que...