domingo, setembro 21, 2008

FADA DOS CONTOS (parte1)

Fadas são seres mitológicos, que intervém positivamente na vida das pessoas. Elas possuem estatura pequena, são mulheres lindas e suas aparições são súbitas, depois se tornam invisíveis, como realmente é seu estado normal. Algumas fadas usam a velha 'varinha de condão', outras já se 'modernizaram' e usam apenas seu poder mental.
As Fadas moram em Florestas, Bosques, Jardins, nos lugares com muita natureza, flores e paz. Fadas comem pouco, na verdade, não se importam com isso, mas adooooram um arroz e de preferência, sem nenhum tempero. Ao contrário do que pensam, fadas não gostam de serem acordadas, principalmente se for muito cedo, e passam seu tempo livre escutando músicas e dançando. Bem, elas fazem alguns rituais e em todos eles, elas cantam músicas calmas que passam tranqüilidade à quem consegue escutá-los. As Fadas são verdadeiras molecas, mulheres serelepes, meninas crianças. Quem acredita nelas, sente o poder mágico delas intervendo em suas vidas, protegendo-as e realizando seus sonhos, fazendo com que o final seja feliz pra sempre. É exatamente isso que a nossa querida fada Beah quer.

No Reino onde Beah mora, todas as fadas tem suas respectivas funções, mas Beah ficou encarregada do 'Final Feliz' de todos os românces.

(E é assim que começa nossa história..)

sábado, setembro 20, 2008



Fada dos Contos,
do meu conto.

Dela para ela

Hoje eu a vi, não me parecia bem.
Sim, estava com os cabelos bem cuidados,
a pele sedosa, limpa, cheirosa,
mas a maquiagem não escondeu a tristeza.
Bem baixinho, ela me contou seus segredos,
disse que passára por dias nublados.
Daquele jeito de sempre,
não tirava o sorriso do rosto,
mas olhando profundamente em seus olhos,
o único brilho que emitia, era de lágrimas.
Ela me contou tudo que pensava,
que achava que não conseguiria fazê-lo superar o passado.
Ela queria que não houvesse passado,
que sempre estivesse onde está.
Ela só queria não lembrar,
não saber, nem nunca ter ouvido falar.
Ela só queria alguém de confiança para falar sobre isso
e resolveu conversar com seu próprio espelho.

sexta-feira, setembro 19, 2008

E no cinema...

Entraram em uma fila pequena e compraram o maior copo de Mate que tinha. Entraram e se sentaram no pior lugar possível, nas poltronas do meio da fileira. Ao lado dele, ela. Ao lado dela, três mulheres super 'simpáticas'.

O filme começou. Uma hora depois, de tanto mate que bebeu, ela resolveu levantar e ir ao banheiro. Teve que passar pela frente das 'simpáticas' e, como ficou com vergonha, resolveu não atravessar o cinema e saiu pela porta de saída da esquerda. Foi quando ela se deparou com três portas de saída de emergência, ela tentou voltar, mas a porta só abria do lado de dentro (na sala do cinema), então, saiu pela saída de emergência mesmo. Achando que sairia ainda dentro do cinema, se deparou com a rua. No frio. Sem casaco. Como voltaria? Que merda ela tinha feito?

Respirou fundo, cruzou os braços e saiu andando pelo jardim que tinha uma placa imensa escrito "PROIBIDO PISAR!". Ok, tudo bem! Ela não estava se importando nesse momento. Ela só queria ir ao banheiro e arranjar um jeito de voltar à sala de cinema, o namorado dela ainda estava lá e provavelmente estava dormindo uma hora dessas.

Voltou ao shopping, que estava quase fechando, foi ao banheiro e voltou ao cinema. Ficou sentada num banco durante uns 10 minutos só pensando: " Eles vão me deixar entrar?" , "O que falar?" , "Vou ligar pro Bernard!PUTA MERDA, ele tá sem celular!".

Em fração de segundos, ela levantou, pegou fôlego e resolveu ir com cara e coragem contar a verdade.

- " Com licença! Tenho uma história pra te contar, mas antes, promete que não vai rir de mim? Então...eu resolvi ir ao banheiro, mas eu saí pela porta esquerda e eu acabei dando do lado de fora do shopping....

- " HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA " respondeu o funcionário interrompedo-a, " Vai lá, pode entrar! "




(Baseado em fatos reais.)

quinta-feira, setembro 18, 2008

ALGUMA LUZ?

Gente,

estou querendo começar a escrever também um blog informativo, abrangendo praticamente todas as vertentes existentes no país e no Mundo.



Esse blog ele vai contar com a participação de alguns amigos, familiares e namorado. No seu conteúdo haverá música, moda, cinema, leitura, história, geografia, psicologia, entre outros.



A questão é que, mesmo com o material na mão, não conseguimos pensar em nenhum nome que seja atrativo, sugestivo ou, até mesmo, engraçado para pôr em nosso site.



Alguém tem alguma sugestão?



Desde já agradeço todos que me ajudarão nessa busca! (rs)



Em breve voltarei com mais infos.







E para quem está se perguntando por onde ando, como deixei claro no último post, estou de mudança, mas não queiram entender para onde ainda. Assim que estabilizar-me, contarei a todos onde morarei realmente, mas provisóriamente me encontro em São Paulo de segunda a segunda no horário 'corujal'.

Será esse o caminho?

Hoje alguém leu de verdade a minha mão. De forma superficial, mas entendida. Falou sobre três assuntos: Vida, amor e finanças. Falou que...