quarta-feira, outubro 06, 2010

sem direção

Me tire daqui e me leve pra qualquer lugar,
já não é mais hora de ficar,
trancada aqui na solidão.

Meu coração não sabe mais
em que direção ele está,
ele só sabe que não pode ficar.

Vamos, já é hora de partir,
segura na minha mão
e me diz pra onde ir.

2 comentários:

Paulinho Tamer disse...

Hoje, as tuas rimas engraçadas me fizeram sorrir
Mas é assim que tem ser
Sendo sincero na hora de ouvir
Sendo exagerado na hora de escrever

Sophia sua louca
Tu é mesmo lagarta listrada
Não sabe por onde anda
E nem as coisas por onde larga

É uma perfeita leonina
Exala egoísmo
Mas tem olhar de menina
E coração de abismo

Queria eu ter teus olhos
Que me venham as mentiras
São poucas pra tantos sonhos
Que me contas de tardinha

Tua botina marrom
Anda pelo além
Caminhando sem ter som
Esbravejando o teu desdém

Desdenhas da hipocrisia
Grunhes sinceridade
És menina minha prima
Meu amor, minha verdade.

SJares disse...

Te amo! Saudade!