segunda-feira, janeiro 24, 2011

Pareces uma linda flor

Teu sentimento egoísta transcende até mesmo teu próprio orgulho.
Mentes sem saber porque o fazes, dizes meias palavras e acreditas na mentira inteira.
Não vai atrás de ninguém por medo, um medo estranho que tens do desconhecido.
Não vives a vida intensamente e achas que tudo que fazes, é apenas vivê-la.
Grande bobagem essa tua de achar que tens, e deves por obrigação, ter sempre razão.
Causas o cãos nas pessoas, todos que passam por ti sentem um misto de encantamento, raiva e, até mesmo, pena.
Como podes ser tão assim, tão intensa e complexa nos teus atos e opiniões?
Pareces muito com a caixa de Pandora, existem muitos males dentro de ti.
Devemos sempre ter cuidado com a tua reação, és uma inconstante.
Nos teus olhos mora toda tua fúria e tua vingança. Uma crueldade atípica.
Teus poros exalam uma amargura que todos tentam esperançosamente afastar.
Tua imagem, para todos, é bem contraditória.
E, todas as manhãs, quando eu te olho dormindo,
ou sempre que passas pela minha janela, sem saber que estou a te observar,
teu sorriso te faz , aos meus olhos, parecer uma linda flor desabrochando.

Nenhum comentário: